Dicas para comprar um iPhone usado

Minimize os riscos de comprar um iPhone de origem duvidosa.

Usei iPhone 7 e iPhone X

O alto preço de um novo iPhone faz com que muitas pessoas optem por comprá-los de segunda mão a um custo menor, levando em consideração que esses aparelhos suportam muito bem a passagem do tempo e podem manter um funcionamento estável por três ou quatro anos em média. No entanto, existem pormenores a ter em consideração ao optar por esta alternativa, uma vez que nem sempre se encontram produtos legítimos nos mercados de segunda mão e, outras vezes, as condições em que são colocados à venda não são as mais óptimas.

É por isso que neste artigo mostramos algumas dicas caso você opte por comprar um iPhone usado.

Verifique o status da tela

Apesar de todos os sistemas de proteção contra choque, a tela sensível ao toque é um dos elementos mais vulneráveis ​​em um telefone. No caso do iPhone, a tela é uma das partes que apresenta o maior custo, portanto antes de comprar um iPhone usado deve-se levar este aspecto em consideração. Verifique se a tela não apresenta listras ou setores com tom amarelado, pois este é um sintoma inequívoco de uma queda forte.

Verifique o seu número IMEI

O IMEI de um telefone móvel é uma sequência de 15 dígitos que o identifica em todo o mundo. A obtenção é muito simples: basta discar a combinação *#06# do aplicativo de chamada. Este número permite saber se ele é informado nas bases de dados de negativos do país de origem por ter sido roubado ou perdido. Também permite saber mais informações sobre as características do equipamento. Para tal, aceda a https://www.imei.info/ e escreva o IMEI do iPhone na caixa fornecida para o efeito.

Verifique o status da bateria do iPhone

O estado da bateria é outro detalhe que não se deve perder na hora de comprar um iPhone usado, pois se ela perder muita capacidade, os grandes benefícios que o equipamento costuma oferecer seriam ostensivamente afetados. Felizmente, dentro das funções integradas ao iPhone, existe um utilitário que mede a capacidade máxima atual da bateria. Para isso, vá em Ajustes > Bateria e toque em Saúde da Bateria.

Verifique o status do sensor de impressão digital e do sistema de reconhecimento facial

Estes sistemas de reconhecimento biométrico não só facilitam o desbloqueio do terminal, mas também a realização de operações bancárias, pelo que são aspectos muito importantes. Em primeiro lugar, verifique se ambos estão funcionando e não estão protegidos por nenhuma chave.

Verifique o status da conectividade sem fio do iPhone

A conexão Wi-Fi e Bluetooth são muito úteis para navegar na Internet, conectar o iPhone à tela da TV ou ouvir conteúdo multimídia em alto-falantes externos. Verifique se você pode se conectar a redes Wi-Fi e fones de ouvido ou alto-falantes sem fio.

Verifique o status do conector Lightning

A porta de carregamento do iPhone de hoje não só recebe a energia para carregar a bateria, mas também serve como saída de áudio para os fones de ouvido, por isso é fundamental verificar este acessório.

Verifique se o iPhone está sem conta iCloud

A conta iCloud é uma função de segurança fundamental para o funcionamento de um iPhone. Por isso, costuma ser utilizado associado a uma conta de e-mail (conta iCloud), que protege as informações armazenadas no dispositivo em caso de roubo ou extravio. Se você vai comprar um iPhone de segunda mão, verifique se a conta do iCloud está desativada, caso contrário ele pode ser bloqueado a qualquer momento e se tornar um dispositivo inútil, sem que você possa fazer nada para impedi-lo. Para isso, vá para Ajustes e verifique se você pode entrar no iCloud com sua própria conta.

Ver também:

 30 total views,  2 views today

Compartilhe este post em suas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima